Congresso RH-RIO 2009 – 3º DIA – “Empresas que bloqueiam acesso dos funcionários às redes sociais estão fadadas ao fracasso”, assegura Fernando Sanchez Arias
 

Por ALEXANDRE PECONICK

Foi preciso um exercício altamente dinâmico que tirasse mais de 400 congressistas do “lugar comum” de estar comodamente sentado ao lado de seus amigos para que cada um pudesse sentir na prática o valor de um processo de aprendizagem coletiva por meio da troca de ideias.



http://www.abrhrj.org.br/typo/uploads/pics/RH-RIO2009_Fernando_Sanchez.jpgFernando Sanchez Arias já fez conferência em 60 países
 

Por Alexandre Peconick
Foto: Rosane Naylor

 Tudo isso antes que o conferencista venezuelano Fernando Sanchez Arias dissesse uma única palavra sobre seu tema “Aprendizagem Coletiva: A Nova Inteligência Estratégica” que fechou a manhã do último dia (5 de junho) do 35º Congresso RH-RIO 2009.

 As pessoas se reorganizaram em grupos e cada grupo foi orientado por uma palavra chave a responder perguntas referentes a problemas e soluções para suas organizações. Com uma linguagem extremamente persuasiva, Sanchez cativou a atenção da platéia para o foco em encontrar coisas em comum entre os problemas individuais de cada pessoa.

 “Este exercício nos ajuda um pouco a entender porque as sociedades vão ser criadas e ditadas a partir desse momento por redes de trocas de informações e troca de aprendizagem, por isso precisamos nos preparar intensamente e com seriedade para as novas realidades que não surgem mais a cada ano, surgem a cada segundo”, alertou Fernando Sanchez com o dedo em riste em direção à plateia.

Descargar Noticia en PDF